1 ano de blog. 1 ano sem medicação.

É verdade malta! Já passou um ano desde que este desvairo começou. Isto só mostra que há sempre alguém pronto a ler porcarias na Internet. Nem que seja só um indivíduo por dia a ler isto, há sempre alguém. E é esse o combustível para continuar a escrever sempre. Neste caso,  para a metáfora do combustível convém pensarem naquela carrinha peluda do filme Dumb and Dumber com o depósito atestado de cerveja. É mais ou menos o que se passa neste blog. 

Para assinalar esta data, pensei que seria engraçado fazermos uma análise de estatística, que é como se celebram normalmente os aniversários de um ano. Quando um bebé faz um ano a família também analisa a percentagem de gordura do bebé que foi ganha ou perdida desde o nascimento, quantos dentes apareceram, e quantas horas a mais ele já dorme e deixa dormir. É mais ou menos isso que vai acontecer aqui.

Tomei a liberdade de partilhar convosco um print-screen de algumas estatísticas deste blog referente a um ano.

estatisticas blog

Qual é o número que salta obviamente logo à vista? É verdade, esse mesmo: 112. Talvez seja uma mensagem subliminar do meu próprio blog a tentar levar-me à procura de ajuda

Um favor que tenho a pedir à malta: epá organizem-se. Segundo a média de visualizações por artigo, tenho uma média de 57,04 pessoas a ver cada artigo. Eu sei que isto é falso, porque há dias que tenho 80 pessoas a ler isto e noutros tenho 0. Organizem-se se faz favor para se distribuírem melhor. O meu ego torna-se muito ansioso perante esta inconstância de resultados. Além disso, aquele vírgula 04 pessoa está-me a irritar. Partilhem lá isto com aquele tio estúpido para fazer 58.

Outra coisa gira: o dia mais popular deste blog é a Segunda-feira. Isto só prova uma coisa: vocês à Segunda-feira só se põem a ver porcarias na Internet e não rendem nada ao vosso patrão. Ainda se vissem alguma coisa de jeito, mas ler isto… Há aqui um texto com o título Horóscopo, calhaus e bufas, só para terem uma ideia da demência consciente que para aqui vai. A hora popular ser às 23h00 também diz muito da malta que lê isto. Epá vão dormir, está mais que provado que depois das dez da noite facilmente se entra no lado negro da Internet, e esta estatística mostra isso mesmo.

Sabem que eu consigo ver, não todos, mas a grande maioria dos termos de pesquisa que as pessoas introduzem nos motores de busca que as fazem ir parar a este blog. Como tal, vou partilhar convosco os termos de pesquisa que eu mais gosto. Porque me mostram que há pessoas piores do que eu. Ou seja, público para isto.

Aqui vai. Isto não é bem um ranking por ordem de preferência. Estão todas ao mesmo nível de parvoíce no meu coração:

Como ter gozo cheiroso – Uma pessoa no Brasil procurou isto. Eu optava por banho e perfume para cheirar bem e chegava-me, mas cada um é livre de aromatizar o que quiser no seu corpo.

Homens tem memória e mulher tem hd – Isto é daquelas frases que são facilmente atribuídas ao Buda ou ao Martin Luther King. Eu também não sei como é que elas fazem aquilo de não se esquecerem de nada. Só mesmo com um disco rígido (HD) instalado.

Higiene pessoal os prós e os contras – Contras? Difícil…

A bebida é o fragelo do homem – E não só. Além da bebida, outro flagelo do homem é não saber escrever.

Goza no meu lanche que eu como – Cada vez mais acredito que no Brasil há um grave problema de distúrbios alimentares. E outros distúrbios.

Porque é que a palavra”barba” remete-nos ao género masculino? – Porque é que será? Será porque as mulheres não têm barba? Não faço ideia…

Quem fundó a  pornografia – Até que enfim que alguém perguntou algo de interessante!! Quem fundó a pornografia caraças, quem???!!! Já agora, escreve-se “fundou”. Mas isso não interessa nada para aqui, o que é importante é descobrir a resposta a esse mistério. Há uma entrevista sobre o gajo que começou isso em Portugal aqui.

O que acontece se engolirmos desodorizante – Em princípio é falecer o que se sucede. Ou dar bufas com aerossol perfumado. Ou ambos, o que seria de um espectáculo bastante belo.

Homens disputam a mesma mulher mesmos sendo amigos – Se forem mesmo mesmo amigos, conversam e no fim ninguém disputa. 🙂

Posso ser ligado ao desporto e música – O meu conselho é: sim, mas atenção ao ligar os fios para não fazer curto-circuito.

Como escrever uma letra de kizomba – É um bocado difícil… é preciso um elevado conhecimento em erros gramaticais e de concordância, e ter um espírito crítico muito apurado no que diz respeito a mamas, rabos e balanços de cabelo. Não é para qualquer um, lamento informar. No entanto, para quem for de interesse, é ler aqui uma análise que fiz sobre isto.

Vegetarianos comem caracóis? – Nem caracóis nem macacos do nariz, porque são ambos animais. E porque ambos largam ranho. Para mais detalhes está aqui outro artigo.

Macaco tem 4 mãos – Pois têm esses bandidos!!! É uma injustiça que já foi aqui exposta. Ainda bem que há mais pessoas atentas a estes casos. 

Quero agradecer a todas as pessoas que lêem isto e que gostam do meu árduo trabalho de parvoíce. Obrigado pelo apoio. Continuem assim. É de vocês que se alimentam todos os funcionários que trabalham nos hospícios. Não que sejam canibais, nada disso, eles alimentam-se é do rendimento que vocês irão proporcionar derivado do internamento, rendimento esse que pelo visto não vai ser pouco.

Isto quando é preciso explicar tudo também se torna chato.

Anúncios

Partilhar o que vai no fundo da alma

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s